Patrimônios culturais do Brasil: 4 dos principais

Imagem panorâmica do Rio de Janeiro, mostrando o Cristo Redentor

Os patrimônios culturais do Brasil são repletos de história e beleza, proporcionando uma experiência única. Esses locais contribuem muito para que o país seja um dos mais atrativos para turistas de todo o mundo. Conforme dados da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco), o Brasil ocupa a 13ª colocação no ranking das nações com maior número de patrimônios culturais da humanidade espalhados pelo mundo. São 23 bens tombados em 17 Estados. 

Esses lugares são reconhecidos pela comunidade científica internacional por seu valor inestimável à humanidade, moldando a identidade de um povo. Portanto, devem ser, além de preservados, protegidos para as gerações futuras. 

Vamos embarcar em uma viagem por alguns dos patrimônios culturais do Brasil? Venha conosco explorar esses lugares encantadores que representam a riqueza  e diversidade do povo brasileiro. Continue a leitura e descubra quatro dos principais patrimônios históricos do país para a humanidade. 

O que identifica um patrimônio histórico e cultural? 

Um patrimônio histórico cultural é tudo o que foi construído, produzido, por uma sociedade, representando sua cultura e identidade para o mundo, que devem ser preservados ao longo do tempo. Sendo assim, não são compostos apenas por monumentos, edificações ou lugares de importância histórica. As tradições também podem ser vistas como patrimônio cultural das nações. 

Além disso, quando algum elemento cultural é considerado histórico por alguma entidade mundial especializada no assunto, dizemos que ele foi tombado como patrimônio. Isso quer dizer que esses bens podem ser considerados patrimônios históricos culturais da humanidade. São representantes de culturas que já existiram no mundo ou ainda permanecem. 

Sendo assim, o fator determinante para saber se um bem é patrimônio histórico cultural é a sua relevância histórica para a formação da identidade cultural de um povo e a preservação desse bem para as próximas gerações. A proteção e conservação do patrimônio histórico cultural são vitais para a preservação da memória coletiva e para a continuidade das práticas culturais.

Processo de tombamento dos Patrimônios Históricos Culturais

Para ser considerado um patrimônio histórico e cultural, é preciso que o bem seja tombado. O tombamento é o principal instrumento legal de proteção dos patrimônios históricos e culturais no Brasil. Esse processo, conduzido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) no âmbito federal, e por órgãos estaduais e municipais equivalentes, com o objetivo de preservar bens de valor histórico, artístico, arqueológico, paisagístico e científico. 

O processo de tombamento tem como primeiro passo um estudo técnico e detalhado do bem, que avalia sua importância cultural, histórica e social. Após essa análise, uma proposta de tombamento é elaborada e submetida a um conselho responsável, que decide pela proteção do bem.

Quando é tombado, o patrimônio fica sujeito a normas específicas de preservação. Isso garante que o valor histórico e cultural do patrimônio seja mantido, protegendo-o para as gerações futuras.

Como são divididos os patrimônios históricos culturais?

Os patrimônios históricos culturais são divididos, de modo geral, em algumas categorias pela Unesco, que sempre busca destacar a relevância desses locais para a humanidade. Dentre as principais classificação estão:

  • Patrimônio mundial cultural: inclui obras de arquitetura, escultura ou pintura monumentais, elementos ou estruturas de caráter arqueológico, inscrições, cavernas e grupos de elementos que têm valor excepcional do ponto de vista da história, arte ou ciência.
  • Patrimônio mundial natural: abrange formações físicas, biológicas e geológicas notáveis; habitats de espécies animais e vegetais ameaçadas; e áreas com valor científico, conservacionista ou  com estética excepcional.
  • Patrimônio mundial misto: locais que são uma combinação dos critérios culturais e naturais acima mencionados.
  • Patrimônio cultural imaterial: práticas, representações, expressões, conhecimentos e habilidades que comunidades, grupos e, em alguns casos, indivíduos reconhecem como parte de seu patrimônio cultural. Isso inclui tradições orais, artes performáticas, práticas sociais, rituais, festas, conhecimentos e práticas relacionados à natureza e ao universo, e habilidades artesanais tradicionais.
  • Documentos e arquivos do programa memória do mundo: engloba manuscritos, livros raros, partituras, arquivos, gravações, filmes, fotografias, coleções de bibliotecas e arquivos de valor mundial.

Cada uma dessas categorias apresenta alguns aspectos vitais da herança e identidade culturais para o mundo e merecem ser preservadas. 

Patrimônios históricos culturais do Brasil divididos por categorias

Quem elege os patrimônios históricos culturais no Brasil é o IPHAN. A entidade também é responsável por classificar esses patrimônios em algumas categorias, assim como faz a Unesco a nível mundial, com o objetivo de buscar a preservação. As principais categorias são essas:

  • Patrimônio material: inclui os bens móveis e imóveis. Os primeiros dizem respeito a edificações, conjuntos urbanos e sítios históricos, arqueológicos, paisagísticos e etnográficos. Já os imóveis são obras de arte, documentos, livros e outros objetos de valor histórico, artístico, arqueológico, bibliográfico ou etnográfico.
  • Patrimônio imaterial: aqui engloba práticas, representações, expressões, conhecimentos e técnicas – juntamente com os instrumentos, objetos, artefatos e espaços culturais associados – que as comunidades, grupos e, em alguns casos, indivíduos reconhecem como parte de seu patrimônio cultural.
  • Patrimônio arqueológico: trata-se de vestígios materiais da existência humana que possuem valor histórico e cultural.
  • Patrimônio paisagístico: são áreas naturais ou criadas pelo homem que possuem valores estéticos, históricos, científicos, ecológicos ou culturais.
  • Patrimônio ferroviário: são as ferrovias, estações, trens e outros elementos da história do desenvolvimento ferroviário no Brasil.
  • Acervos documentais e bibliográficos: esse tipo de patrimônio inclui documentos e coleções de livros de valor histórico, artístico, científico e cultural.

Todas essas categorias só mostram a diversidade e a riqueza do patrimônio cultural do Brasil. Abrange desde elementos tangíveis como edificações e documentos até aspectos intangíveis como tradições e saberes. A seguir, vamos listar alguns dos principais patrimônios culturais brasileiros. 

Patrimônios históricos culturais no Brasil para a humanidade

Que o Brasil tem muitos lugares fantásticos e alguns deles são definidos como patrimônios históricos culturais para a humanidade você viu ao longo do texto. Mas agora, vamos te mostrar alguns desses locais, mais precisamente quatro que destacamos. Veja abaixo quais são eles. 

1. Cristo Redentor, Rio de Janeiro

Imagem panorâmica com o Cristo Redentor

O Cristo Redentor é uma das mais famosas e icônicas representações do Brasil no mundo. Localizado no topo do Morro do Corcovado, na cidade do Rio de Janeiro, este monumento maravilhoso, com 38 metros de altura, simboliza a fé e a hospitalidade do povo brasileiro. 

Inaugurada em 1931, esta obra-prima do engenheiro Heitor da Silva Costa e do escultor Paul Landowski, tornou-se um dos principais símbolos da cidade e do país, atraindo milhares de visitantes anualmente. Com sua imponente presença e vista panorâmica da cidade, o Cristo Redentor é uma verdadeira maravilha do mundo moderno.

2. Pelourinho, Salvador

Imagem do Pelourinho, com suas casas antigas e coloridas e a Igreja histórica ai fundo.

O Pelourinho, situado no coração de Salvador, na  Bahia, é um vibrante centro histórico conhecido por suas coloridas construções coloniais e ricas tradições culturais. Este bairro é um dos mais expressivos exemplos da arquitetura colonial portuguesa no Brasil, com suas igrejas barrocas, casas antigas e ruas de pedra. 

Além de sua importância arquitetônica, o Pelourinho é historicamente um centro crucial para a cultura afro-brasileira, sendo palco para diversas manifestações culturais, como a capoeira, o samba de roda e o acarajé, que são essenciais para entender a rica tapeçaria cultural do país.

3. Parque Nacional da Serra da Capivara, Piauí

Imagem do Parque Nacional da Capivara

O Parque Nacional da Serra da Capivara, localizado no estado do Piauí, é um dos mais importantes sítios arqueológicos do Brasil e da América do Sul. Este parque abriga uma impressionante coleção de arte rupestre, com mais de 30 mil anos de idade, que oferece uma visão única sobre as primeiras comunidades humanas do continente. 

Além de seu valor histórico e arqueológico, a Serra da Capivara é um local de beleza natural exuberante, com uma diversidade de fauna e flora, tornando-se um destino fascinante para os amantes da natureza e da história.

4. Ouro Preto, Minas Gerais

Imagem da cidade história de Ouro Preto, com suas casas coloridas e antigas.

Ouro Preto é uma  das cidades históricas no estado de Minas Gerais, famosa por seu papel central na corrida do ouro do Brasil no século XVIII. O município é um exemplo magnífico da arquitetura barroca brasileira, com suas igrejas ornamentadas, pontes de pedra e casas coloniais. 

Ouro Preto foi o berço de importantes artistas do período colonial, como Aleijadinho e Mestre Ataíde, cujas obras ainda hoje podem ser admiradas nas igrejas e museus da cidade. A cidade não apenas preserva a história da era do ouro, mas também é um testemunho vivo das lutas e triunfos do povo brasileiro naquela época.

Cada um desses lugares proporcionam um transporte para a rica história e cultura do Brasil, representando diferentes aspectos da identidade nacional. Mas como citamos antes, há muitos outros ambientes históricos culturais para a humanidade no território brasilero. Nesse contexto, podemos citar outros como: 

  • Centro histórico de Olinda: Olinda é conhecida por suas igrejas barrocas, conventos e uma paisagem urbana colonial preservada, além de ser um centro vibrante de cultura e artes.
  • Centro histórico de São Luís, Maranhão: um local famoso por suas impressionantes construções coloniais e ricas tradições culturais, refletindo a influência da colonização portuguesa, africana e indígena.
  • Centro histórico de Diamantina, Minas Gerais: a cidade de Diamantina é histórica e preserva a arquitetura e a urbanização características do período do ciclo do diamante no Brasil.
  • Ruínas de São Miguel da Missões, Rio Grande do Sul: as partes que sobraram da igreja de São Miguel do Arcanjo representam um importante pedaço da história do Brasil, envolvendo as Missões Jesuíticas do séc 18.  
  • Paraty e Ilha Grande, Rio de Janeiro: região que combina beleza natural da Ilha Grande com o charme histórico de Paraty, é um exemplo bem preservado de cidade portuária do período colonial.

Turismo Cultural: desbrave o Brasil

O Brasil é um país com colonização diversificada e rico em patrimônios históricos culturais espalhados por muitos Estados, em todas as suas regiões. Trata-se um mosaico de tradições e lugares históricos que refletem em muitos cantos do país. 

Desde as vibrantes cidades históricas de Minas Gerais, onde o barroco brasileiro encontra sua mais alta expressão, as tradições indígenas no Amazonas, as heranças africanas em Salvador, até os ritmos contagiantes do samba e do forró nas ruas do Rio de Janeiro e do Nordeste e muito mais, viajar pelo Brasil é uma experiência enriquecedora. 

Sendo assim, o turismo cultural no Brasil vai além de uma jornada por locais históricos e patrimônios mundiais; é uma experiência imersiva na alma brasileira, uma oportunidade de conectar-se com a alegria e a resiliência do povo brasileiro. Portanto, faça um planejamento e conheça mais o Brasil e a fascinante história do país. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos posts

Descubra as maravilhas do ecoturismo no Rio de…
O turismo sustentável se consolida como uma necessidade…
Você já ouviu falar em ecoturismo? Essa atividade,…

Você pode gostar também

Monumento mais icônico do Brasil, símbolo do país…
Os patrimônios culturais do Brasil são repletos de…
No momento de programar uma viagem ao Rio…
Ao fazer as malas para viajar ao Rio…