Quem nasce no Rio de Janeiro é chamado de que?

Imagem da praia de Ipanema, com pessoas caminhando pela areia .

Carioca ou fluminense? Afinal de contas, quem nasce no Rio de Janeiro é? Essa é uma das perguntas recorrentes quando se fala em Rio. 

Poderíamos responder rapidamente que quem nasce no Estado do Rio de Janeiro é carioca e quem nasce no Estado é fluminense. No entanto, essa questão não é apenas sobre os termos, mas a respeito da cultura e história do Rio. 

Neste artigo, iremos explorar a origem de cada palavra e, mais do que isso, descobrir algumas diferenças entre quem nasce no Estado do Rio de Janeiro e na cidade. Venha junto descobrir um pouco mais a respeito do povo do Rio. 

Diferenciação regional entre carioca e fluminense

Muitas pessoas na praia de Ipanema com o sol caindo. No primeiro plano, dois meninos jogando futebol na areia

 O Brasil, com sua vasta cultura, possui muitos termos regionais que identificam os moradores e nascidos nos Estados. No Rio de Janeiro, isso fica bem evidente com os termos “carioca” e “fluminense” que muitas vezes causam alguma confusão entre muita gente. Vamos explicar agora o que significa cada uma dessas palavras. 

O termo “carioca”

Carioca é utilizado para identificar as pessoas que nasceram na cidade do Rio de Janeiro. Há duas teorias para a origem do termo. Uma é que a palavra carioca vem do tupi  kara’i oka, que significa “Casa de Branco”. Já a outra possibilidade é que “kariok” seria uma tribo indígena que habitava a região que hoje é a Praia do Flamengo. 

Entretanto, muitas pessoas entendem que carioca vai além do termo e se diferencia por estar ligado a um estilo de vida, na maneira de ser que reflete a alma vibrante e acolhedora da cidade, marcada por suas praias e cultura efervescente. Aliás, já disseram que a praia é como se fosse o quintal do carioca, algo que não ocorre no próprio Estado do Rio. 

O termo “fluminense”

Já a palavra“fluminense” vem do latim flumine ( rio) mais o sufixo ense (natural). O termo é mais abrangente, pois se refere às pessoas que nasceram em qualquer parte do Estado do Rio de Janeiro, incluindo, é claro, a capital. Sendo assim, podemos entender que todo o carioca é fluminense, mas nem todo fluminense é carioca. 

Essa diferenciação é importante. Fundamental para entender a diversidade do próprio estado, que abrange desde regiões serranas, como Petrópolis e Teresópolis, até cidades litorâneas como Niterói e Cabo Frio, cada uma com suas particularidades culturais e históricas.

O chamado “carioca da gema”

Outra expressão muito falada e utilizada com orgulho local é “carioca da gema”. Mas o que significa? Esse termo é usado quando a pessoa nasce na cidade do Rio de Janeiro, de pai e mãe naturais também do município. 

No entanto, muitos dizem que ser “carioca da gema” vai além disso. Implica uma conexão íntima com as raízes culturais e sociais do Rio. A palavra “gema”, geralmente associada ao núcleo mais valioso de um objeto, no caso a cidade maravilhosa. Não por acaso o termo representa um emblema de pertencimento, um símbolo de orgulho que está entre aqueles que se sentem verdadeiramente parte da cultura que define o Rio de Janeiro.

O “Carioca de coração”

Também existe o termo “carioca de coração” que é muito falado. Diferente do carioca da gema, que faz parte da cidade do Rio desde suas origens, aqui são pessoas que nasceram em outros municípios, podendo ser no próprio Estado do Rio de Janeiro, e entender ou vivenciar a cultura do Rio de outras formas. Mas mesmo assim possuem uma profunda conexão com a cidade. 

Seja carioca ou fluminense

Carioca ou fluminense, a cidade do Rio de Janeiro possui tanta diversificação que é capaz de sustentar durante muitas décadas a cultura de pessoas nascidas na cidade do Rio, no Estado e até de quem vem de fora. Não é à toa que o Rio de Janeiro ganhou o apelido de cidade maravilhosa e encanta a todos com deslumbrantes paisagens, que fazem da cidade um verdadeiro cartão postal. 

Conheça as atrações turísticas do Rio de Janeiro, que em breve terá mais uma: a tirolesa do Parque Bondinho, ligando o Pão de Açúcar ao morro da Urca, que promete ser uma das maiores e belas do mundo. Para saber tudo sobre a tirolesa, basta acessar nossas redes sociais e nosso blog. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos posts

Descubra as maravilhas do ecoturismo no Rio de…
O turismo sustentável se consolida como uma necessidade…
Você já ouviu falar em ecoturismo? Essa atividade,…

Você pode gostar também

Monumento mais icônico do Brasil, símbolo do país…
Os patrimônios culturais do Brasil são repletos de…
No momento de programar uma viagem ao Rio…
Ao fazer as malas para viajar ao Rio…