Bairro da Urca: conheça a história do bairro

Imagem da mureta da Urca, mostrando parte da Baía de Guanabara, com barcos.

O bairro da Urca, localizado na Zona Sul do Rio de Janeiro, é um dos lugares mais charmosos, tradicionais e marcantes da cidade. Além da paisagem exuberante da Baía de Guanabara, a localidade tem uma riqueza histórica, em um passado emblemático, totalmente relacionado à história do Brasil. 

Para entender a formação desse reduto com atmosfera de tranquilidade, neste artigo iremos explorar suas raízes, panorama histórico inicial, desde a sua concepção até os dias atuais. Também vamos destacar atrações que fazem do bairro da Urca um dos destinos mais visitados no Rio de Janeiro, tanto por turistas quanto por moradores. 

Então prepare-se para embarcar em uma viagem pelo tempo, em que a história vai ao encontro da beleza natural da Urca. Vamos lá!

Como surgiu o bairro da Urca?

O bairro da Urca é construído sobre aterros em meados da primeira metade do século XX. Entretanto,  sua história começou bem antes, quando as águas da Baía de Guanabara encontravam apenas as estruturas rochosas situadas ao redor do Pão de Açúcar e da Urca. 

A região, que serviu de base militar dos portugueses e fez parte de todo o contexto dos inúmeros conflitos entre portugueses, franceses e índios, foi ganhando a forma como conhecemos atualmente apenas no ano de 1870. Nessa época, um comerciante portugues chamado Domingos Fernandes Pinto, planejou transformar o local em uma nova cidade com prédios de características mais artísticas.

 Ele também pretendia criar uma uma ponte sobre o aterro, ligando a antiga Praia da Saudade – hoje Avenida Pasteur, até o Forte São João. Entretanto, o exército embargou a obra com a justificativa de que o acesso à área militar seria facilitado e o comerciante não conseguiu concluir o caminho naquela ocasião. Mas em 1921 o caminho foi construído pela Sociedade Anônima Empresa da Urca. Logo depois o cais foi construído e em 1923 os primeiros prédios foram erguidos. 

Com o tempo, a infraestrutura do bairro foi  sendo erguida com uma visão de futuro, integrando luxuosas residências à beleza natural exuberante que a rodeia. Além da elite da cidade, a Urca começou a atrair uma comunidade emergente de artistas, intelectuais e pessoas influentes, que viam no bairro uma fonte de inspiração e um refúgio. Logo, a vida cultural começou a se desenvolver, com salões de artes  e eventos culturais. 

Foi a partir dessa mistura, que o Urca começou a consolidar sua identidade. Foi a base para se tornar o que é hoje: um dos bairros mais elegantes e reverenciados do Rio de Janeiro. 

A origem do nome Urca

Alguns relatos históricos dizem que o nome Urca está ligado à história naval portuguesa. Isso porque, faz referência a uma embarcação muito utilizada pelos portugueses em jornadas pelo oceano, típica do século XVI. Acredita-se  que nessa época um desses barcos chamado “Urca de Lima” teria ancorado na Baía de Guanabara, que hoje rodeia o bairro. 

Com o passar dos anos, a memória daquele navio que simbolizava o descobrimento de novas terras,foi eternizada ao batizar o bairro. E atualmente a Urca não representa apenas um bairro, mas uma parte da história marítima do Brasil. 

Pontos de atrações do bairro da Urca

Nem só de histórias fascinantes é feito o bairro da Urca. Há muitos atrativos que compõem esse lugar tão visitado. Elaboramos uma lista com alguns pontos que você não pode deixar de conhecer quando estiver no local. Acompanhe.

Pão de Açúcar e arredores do MoNa

Um dos principais cartões postais do Rio de Janeiro está localizado no bairro da Urca. Portanto, você  pode começar a sua aventura pelo teleférico do Parque Bondinho, que oferece uma vista panorâmica absolutamente deslumbrante da cidade. Para os amantes da natureza, a Trilha do Morro da Urca e a Pista Cláudio Coutinho são uma ótimas opções de lazer dentro da unidade de conservação do Monumento Natural do Morros do Pão de Açúcar e da Urca (MoNa) e que permitem para experiências revigorantes ao ar livre.

Praia Vermelha 

Esta praia tranquila é um convite para relaxar e é perfeita para passeios à beira-mar. Além disso, é um ponto popular para atividades aquáticas, como stand-up paddle, proporcionando momentos de diversão e descontração.

Forte São João

Este forte histórico oferece uma  boa oportunidade de imersão na história militar do Brasil. Além de sua importância histórica, o forte é cercado por áreas verdes exuberantes, o que faz dessa área um local ideal para piqueniques e passeios em família.

Morro da Babilônia

Conhecido por suas vias de escalada, o Morro da Babilônia é um paraíso para os amantes do montanhismo . Ao se aventurar por estas vias, você também terá a chance de observar a rica biodiversidade local, sendo um ótimo local para apreciar a flora e a fauna da região.

Instituto Benjamin Constant

O instituto não é apenas um patrimônio histórico que revela um pouco mais sobre a história e a cultura brasileira, mas também um centro de referência  em capacitação e atendimento de pessoas com deficiência visual . 

Bar Urca

Um dos pontos gastronômicos mais conhecidos do bairro, o Bar Urca é o lugar perfeito para saborear as delícias culinárias típicas da região. Enquanto você aproveita a refeição, pode contemplar a bela vista para a Baía de Guanabara, um lindo cenário que adiciona um toque especial à sua experiência gastronômica.

Círculo Militar da Praia Vermelha

Este local destaca-se pela sua arquitetura histórica, proporcionando uma visão das raízes culturais da área. Além disso, é um centro para eventos culturais e exposições, oferecendo uma rica programação cultural que é uma verdadeira celebração da arte e da história.

Parque Bondinho Pão de Açúcar

O Parque Bondinho Pão de Açúcar é, sem dúvidas, um dos pontos mais icônicos e belos do Rio de Janeiro. Afinal, andar em um dos famosos bondinhos enquanto a paisagem de tirar o fôlego da cidade maravilhosa se expande abaixo de você é um passeio imperdível. 

Entretanto, a experiência não se limita à subida. Ao chegar no topo do morro, você encontra jardins muito bem cuidados, espaços gastronômicos, lojas e obras de arte a céu aberto. Além disso, há alguns recantos como o bosque do Pão de Açúcar  para se conectar ainda mais com a natureza.

Não deixe de conhecer o Bairro da Urca

Agora que você conhece a história do bairro da Urca e suas  principais atrações, não deixe de visitar esse local tradicional, tranquilo e deslumbrante na zona Sul do Rio de Janeiro. Um local onde o passado e o presente se encontram criando uma série de sensações que encantam moradores e turistas. Ou seja, trata-se de um passeio com muitas paisagens belas  que certamente ficará na memória. 

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos posts

Explorar as cidades históricas do Rio de Janeiro…
Viajar é realmente algo maravilhoso, não é mesmo?…
O outono no Rio de Janeiro traz uma…

Você pode gostar também

O Rio de Janeiro tem muitas regiões consideradas…
O Rio de Janeiro, conhecido mundialmente por lindas…
Existem muitos bairros famosos no Rio de Janeiro,…
Quando pensamos em lugares para viajar no Rio…